Tag Archives: paz

“Uma longa caminhada começa sempre pelo primeiro passo.”

7 Out

Sei um pouco sobre muita coisa, mas sempre pouco sobre cada coisa.

Sempre tive uma fascínio pelo oculto, pela espiritualidade, por histórias bonitas e sofridas…daí meu interese quando criança pelos santos e mártires.

Sou de uma família católica, eu gostava da igreja, não da missa…não dos dogmas…eu gostava de saber sobre a vida de Jesus, dos santos, gostava de ouvir coisas bonitas da bíblia, gostava de ver a arte, as paredes, os vitrais, do geladinho dentro das igrejas, do cheiro de rosa, do cheiro de incenso, energia positivia sempre me puxava como um imã.

Eu quis começar o catecismo antes da idade certa (eu já era adiantada na escola também), e era muito aplicada…ainda que…desde a primeira aula eu questionasse muitas coisas…e ouvia sempre “é o mistério”…naquela época eu não entendia direito o que era esse tal de “mistério”.

Enfim…anos depois…conheci muitas outras religiões, sempre tentei aprender com todas elas, já passei da fase de preconceitos…e acredito que onde tem intenção e energia boa, onde nosso coração se aquece é onde tem espiritualidade…e isso basta.

O que eu gostava muito de ouvir era a história dos santos…não sei até que ponto era verdade ou mentira…mas eram lindas…e me cativavam…e me acompanham até hoje.

Alguns anos atrás, estava em casa em Avaré no fim de semana, largada no sofá…nada na TV e começou o filme da Madre Teresa de Calcutá. O que eu me lembrava dela era algumas imagens dela bem velhinha, e aquela frase linda:

” A paz começa sempre com um sorriso”

 

Mother Teresa in Calcutta

 

—————————————————————————————————————

Enfim…o filme começou e aí, pode não ser uma super produção, mas é tocante…belíssimo. Ouvi muitas coisas bonitas e uma história de uma mulher forte e determinada, que literalmente entregou sua vida para ajudar outras pessoas…não quero entrar no mérito de religiões, mas pessoas como ela, certamente fogem do comum, se beatas, santas, mártires, não importa o nome, são seres iluminados e com AMOR e CARIDADE dentro de si.

Guiada por uma fé e generosidade sem tamanho, enfrentado oposição de todo o tipo, ela deixou as fronteiras de um convento e foi – literalmente – para o meio do povo, amar e ajudar os que precisavam. Boa parte do filme mostra a missão na Índia. Ela começou praticamente do nada, praticamente sozinha…quando alguém perguntou se ela achava que ia chegar muito longe sem ajuda do governo, das pessoas da cidade, e da própria igreja, ela disse

“Uma longa caminhada começa sempre pelo primeiro passo.”
 

 

primeiro passo

 


Pesquisando depois vi que talvez essa frase seja de Lao Tsé, o que importa foi o contexto…ela não desanimou, apenas seguiu o que acreditava. Ás vezes desistimos perante coisas tão pequenas, cada passo é importante, cada detalhe…a vida não é divertida e animadora o tempo todo…temos de esperar e não desanimar, apenas fazer a nossa parte e ter fé…
—————————————————————————————————————
Um outro texto bem bonito:
“Muitas vezes, as pessoas são egocêntricas, ilógicas e insensatas.
Perdoe-as, assim mesmo.
Se você é gentil, as pessoas podem acusá-lo de egoísta, interesseiro.
Seja gentil, assim mesmo.
Se você é um vencedor, terá alguns falsos amigos e alguns inimigos verdadeiros.
Vença, assim mesmo.
Se você é honesto e franco, as pessoas podem enganá-lo.
Seja honesto, assim mesmo.
O que você levou anos para construir, alguém pode destruir de uma hora para outra.
Construa, assim mesmo.
Se você tem Paz e é Feliz, as pessoas podem sentir inveja.
Seja Feliz, assim mesmo.
Dê ao mundo o melhor de você, mas isso pode nunca ser o bastante.
Dê o melhor de você, assim mesmo.
Veja você que, no final das contas, é entre você e Deus.
Nunca foi entre você e as outras pessoas”.

—————————————————————————————————————
O filme é de 2003, “Mother Teresa of Calcutta”, segue o trailler:
—————————————————————————————————————
Encontrei aqui e aqui algumas outras frases dela.
E por fim…o objetivo de quem escreve, de quem vive e deseja um mundo melhor:
“Senhor,
Permite-me que, quando algém falar comigo,
ao se afastar de minha presença
tenha se tornado uma pessoa melhor”.
Madre Teresa
Anúncios

Sempre há uma possibilida de mudança

28 Jan

“No budismo, existe muita ênfase em meditar sobre a verdade do sofrimento. Isto pode ser um pouco depressivo, mas quando vemos nossos defeitos claramente também vemos a possibilidade de nos livrar deles. Enxergar nossos defeitos tem muito a ver com nossa capacidade de despertar. Do ponto de vista budista, nenhum erro é impossível de ser mudado. Sempre há uma possibilidade de mudança. O reconhecimento de nossa inteligência humana pode nos ajudar a ter mais segurança ao encarar situações difíceis. Isto é muito importante”. É o que diz Dalai Lama em seu livro Mundos em Harmonia – diálogos sobre a prática da compaixão.

Li esse trecho no artigo “Sentir a dor para poder curá-la” de Bel César.

O budismo é uma coisa que mexe lá no fuunnndo da gente, coloca questões que deixamos de lado, ali, na nossa cara, e mostra o quanto somos mestres na arte de complicar as coisas e pior…Empurrar tudo pra “embaixo do tapete”.

Não é facil olhar no espelho quando estamos vendo o reflexo da nossa alma…Não é facil encarar os defeitos, medos, fraquezas.

Mas, já dizia Sócrates – “Conhece-te a ti mesmo”, só assim para evoluirmos e nos tornamos seres melhores.

Ouvir que “nenhum erro é impossível de ser mudado” ao mesmo tempo alivia e incentiva a de fato, mudar.

Quero mudar, quero deixar de lado todos os padrões que durante anos vem atrapalhando meu modo de viver nesse mundo, de me relacionar com as pessoas, Enfim

Quero Paz e Serenidade.

%d bloggers like this: