Archive | Setembro, 2010

Sobre anjos I

29 Set

“….Just like a star across my sky….”
There is so many stars in the sky, the first time we see it, we use to get deluded by their brightness, but the most time, they are just another in the universe….
“…Just like an angel off the page …”
Lucifer was an angel, they…definitely are not kind-hearted creatures…

By the way... … I know that I´ve  – already – found something so better than stars or angels…someone REAL

Inspiração….uma música que gosto muito, “Like a star” da Corinne Bailey Rae:



Ler devia ser proibido

21 Set

Incentivo à leitura é uma coisa que já tá do lado de dentro de gente que trabalha com biblioteca.

É a vontade que outros tomem posse do bem mais público e democrático que existe – o conhecimento humano – é o lado que mais me encanta na biblioteconomia.

– – – – – –  – – – – – – – – – – – – – – – — – – – – –  — – – – –  – – – – – – —

Campanha de incentivo à leitura idealizada e produzida por alunos da Universidade de Salvador:

– – – – – –  – – – – – – – – – – – – – – – — – – – – –  — – – – –  – – – – – – —

“Há aqueles que não podem imaginar um mundo sem pássaros;

há aqueles que não podem imaginar um mundo sem água;

ao que me refere, sou incapaz de imaginar um mundo sem livros.”

. Jorge Luis Borges .

– – – – – –  – – – – – – – – – – – – – – – — – – – – –  — – – – –  – – – – – – — – – – – – –

Essa campanha dos alunos de salvador me fez lembrar de uma das primeiras – e das mais relevantes importantes – coisas que eu vi como estudante de Biblioteconomia na ECA – a adaptação da ficção de Ray BradburyFahrenheit 451, o certo seria eu ler o livro também…mas fica a dica pro filme, que é muito bom ;D

– – – – – –  – – – – – – – – – – – – – – – — – – – – –  — – – – –  – – – – – – — – – – –

“Eu achara minha religião: nada me pareceu mais importante do que um livro.

Na biblioteca, eu via um templo”

. Jean Paul Sartre .

Da autobiografia do Sartre – “As palavras” – obra genial e deliciosa…assim que a li, a escolhi pra ser o prefácio do meu tcc. Fiquei encantada com o modo como ele descreve como nasceu nele o amor pelos livros, pela leitura.

– – – – – –  – – – – – – – – – – – – – – – — – – – – –  — – – – –  – – – – – – — – – – – – – –

Ps

-Não coloquei link pro meu tcc mesmo…quer mesmo ver…está no rabci…cuidado! Documento altamente técnico-acadêmico 😉

– Fiquei um bom tempo procurando um vídeo gringo de incentivo a leitura que vi uma vez…muito fofo, duas crianças trocando bilhete durante uma aula na escola…não achei =/, nisso descobri q é impossível pesquisar nos próprios tuites…assim que descobrir #comofaz eu posto ele aqui! –

– Essa semana a @tuka_roberta postou “Livros” com vídeos bem legais com essa mesma temática (confesso que não vi todos ainda :P)

Amor vs. Medo – o que você sente?

17 Set



AMOR É INCONDICIONAL (medo é condicional)

AMOR É FORTE (medo é fraco)

AMOR DESPRENDE (medo obriga)

AMOR É RENDIÇÃO (medo amarra)

AMOR É HONESTO (medo engana)

AMOR CONFIA (medo suspeita)

AMOR PERMITE (medo ordena)

AMOR ENTREGA (medo detém)

AMOR PERDOA (medo acusa)

AMOR É COMPASSIVO (medo lamenta)

AMOR ESCOLHE (medo evita)

AMOR É BONDOSO (medo é cólera)

AMOR ACENDE (medo provoca)

AMOR APÓIA (medo reprova)

AMOR CRIA (medo nega)

AMOR CURA (medo fere)

AMOR É MAGIA (medo é superstição)

AMOR REVIGORA (medo exaure)

AMOR É ELIXIR (medo é veneno)

AMOR INSPIRA (medo preocupa-se)

AMOR DESEJA (medo inveja)

AMOR É SERENO (medo é nervoso)

AMOR É VALENTE (medo é receoso)

AMOR É DESEMBARAÇADO (medo é tenso)

AMOR É CEGO (medo condena)

AMOR RESPEITA (medo desconsidera)

AMOR ACOLHE (medo rejeita)

AMOR SONHA (medo conspira)

AMOR QUER BRINCA (medo precisa controlar)

AMOR SE DIVERTE (medo padece)

AMOR LIBERTA (medo aprisiona)

AMOR ACREDITA (medo desconfia)

AMOR QUER (medo necessita)


Fonte:

LOVE versus fear: what do you feel?

*Adaptação livre para o português do texto de Saran Nean Bruce, publicado no blog de Tiny Buddha.

Sigam o twitter ou facebook deles, é muito bom ;D.

Blog da Sarah.

23 coisas que não se pode morrer sem saber…

15 Set

01- O nome completo do Pato Donald é Donald Fauntleroy Duck.

02- Em 1997, as linhas aéreas americanas economizaram US$ 40.000 eliminando uma azeitona de cada salada

03- Uma girafa pode limpar suas próprias orelhas com a língua.

04- Milhões de árvores no mundo são plantadas acidentalmente por esquilo que enterram nozes e não lembram onde eles as esconderam.

05- Comer uma maçã é mais eficiente que tomar café para se manter acordado.
06- As formigas se espreguiçam pela manhã quando acordam.
07- As escovas de dente azuis são mais usadas que as vermelhas.
08- O porco é o único animal que se queima com o sol além do homem.

09- Ninguém consegue lamber o próprio cotovelo, é impossível tocá-lo com a própria língua

10- Só um alimento não se deteriora: o mel.

11- Os golfinhos dormem com um olho aberto.

12- Um terço de todo o sorvete vendido no mundo é de baunilha.

13- As unhas da mão crescem aproximadamente quatro vezes mais rápido que as unhas do pé

14- O olho do avestruz é maior do que seu cérebro.

15- Os destros vivem, em média, nove anos mais que os canhotos. [:D]

16- O “quack” de um pato não produz eco, e ninguém sabe porquê.

17- O músculo mais potente do corpo humano é a língua.

18- É impossível espirrar com os olhos abertos.

19- “J” é a única letra que não aparece na tabela periódica.

20- Uma gota de óleo torna 25 litros de água imprópria para o consumo.

21- Os chimpanzés e os golfinhos são os únicos animais capazes de se reconhecer na frente de um espelho

22- Rir durante o dia faz com que você durma melhor à noite.

23- 40% dos telespectadores do Jornal Nacional dão boa-noite ao William Bonner no final

Bruce Lee

13 Set

Esse é meu primeiro post sobre um cara mais que interessante

“Tenha ‘Nenhum Caminho’
como caminho.

e ‘Nenhuma Limitação’
como limitação.”

(Bruce Lee)

Bruce lee pra mim era só mais um nome até pouco tempo atrás. Não tenho vergonha da minha ignorância…ela nunca vai sair de perto de mim…me acompanha em qualquer momento e lugar, e foi exatamente com o BRUCE LEE que descobri que ela não é nociva. (“Os que não sabem que caminham na escuridão, jamais verão a luz.”

Depois que comecei o kungfu, me interessei também pela cultura oriental e conhecimento dos ninjas artistas marciais, até que peguei na biblioteca o livro “Aforismos”*.

A ansiedade é tão grave em mim que escrevendo esse post eu nem sabia direito em qual parágrafo me concentrar, estou sem o livro e sem as anotações – é tudo da minha cabeça – vou pro google e (…) mas no livro ele fala que a ansiedade vem porque não vivemos o presente, se o vivermos não há motivo para ansiedade…o tempo para ação é o presente, isento de ansiedade.

Eu tenho a foto dessa frase a um tempo, a vi navegando por ae…salvei e pronto…nem sabia de quem era.

“Quando o dedo aponta para a lua, não se concentre no dedo, ou você vai perder toda a glória celestial.”

Em “Aforismos” eu vi novamente a frase e a explicação dela…é uma máxima sobre a concentração. Tenho problemas sérios com concentração, desde pequena, ficava viajando na sala de aula, ganhava e perdia muita coisa com isso…mas acho que o prejuízo é no fim das contas sempre maior…

No meu primeiro campeonato de kungfu eu vi o quanto isso me prejudicava…o quanto mal eu fui, mesmo tendo treinado, Bruce (e muita gente) diz que aprendemos mais com os erros…e talvez um dia eu veja assim meu fracasso daquele dia…

Esse é um daqueles poucos que abrem a mente, estendem os horizontes…o primeiro conceito que me chamou atenção foi do “vazio“… é no vazio que as coisas acontecem, que é possível criar. Todo o potencial da criatividade reside no vazio…uma folha em branco deixou de ser sacrifício, ganhou outra forma e significado…Conversando com um instrutor e mestre meu de kungfu certo dia sobre isso…ele falou – “mas é mesmo…olhe aqueles alunos treinando, o que eles usam é o vazio, o espaço vazio na sala”…sim o vazio, o nada é o único lugar onde podemos aprender.

“Empty your mind, be formless, shapeless, like water. Now you put water into a cup, it becomes the cup. You put water into a bottle it becomes the bottle. You put it into a teapot it becomes the teapot. Now, water can flow, or it can crash. Be water, my friend…”
(Bruce Lee)

Eis que mesmo antes de acabar o livro a ansiedade tamanho do mundo toma novamente conta de mim, tanto que protelei ao máximo a devolução do mesmo na Mário e já estava quase comprando um só pra mim pela internet, mas na porta da biblioteca, minutos antes de devolver meu tesouro recém-encontrado…fui lendo umas últimas frases e eis que Bruce diz mais uma vez que não devemos nos prender à nada…“depois de usar uma barca para atravessar o rio, não tente carregá-la nas costas, siga em frente”.

Eu mudei o nome do blog – intuição criativa – e tirei isso do livro também…do chamado “Wu wei”, da força natural, mas isso já é assunto que merece post exclusivo! Gostei muito desse texto  A Arte da Arte Marcial e os Sentimentos Corporais do blog da tskf que fala exatamente sobre.

* LEE, Bruce. Aforismos. John Little (Org.). Conrad: São Paulo, 2007.

tesourinho que pode ser encontrado pra comprar pela net mas também está lá na Biblioteca Mário Andrade, no Anhangabaú, centro de São Paulo.

——————————————————————————————————————————————————————

Post do Post (atualizado 15.10.10)

Estou mantendo um tumblr só com fotos e frases do Bruce Lee…quem quiser segue lá.

http://bruceleefacts.tumblr.com/

——————————————————————————————————————————————————————

(atualizado 17.12.10)

Gente, criei um Twitter -> http://twitter.com/#!/bruceleebr

%d bloggers like this: